cur_miguelMIGUEL PROENÇA

 

 

Miguel Proença é um artista Steinway e figura no “Wall of Fame“ da Steinway&Sons em Hamburgo, Alemanha, juntamente com os maiores pianistas de todos os tempos.

 

 

 

Miguel Proença é um artista de renome internacional, em permanente evidência no meio musical brasileiro e internacional. Saudado pelo público e pela crítica nos seus mais de 50 anos de carreira.

Aliando as atividades artísticas à acadêmica, foi professor convidado da Universidade de Música de Karlsruhe, Alemanha e professor-adjunto na  Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ.

 

Foi diretor artístico do Teatro do SESI-RS.

 

Em abril de 2005 lançou a coletânea “Piano Brasileiro” pela gravadora Biscoito Fino, inaugurando o Selo Biscoito Clássico e que foi considerada pela UNESCO “Patrimônio da Música Brasileira”. Neste mesmo ano, Miguel Proença percorreu treze cidades brasileiras divulgando este trabalho em sua turnê “Piano Brasil”. Em 2006, iniciou a segunda fase desta turnê. Neste mesmo ano, juntamente com a atriz e cantora Bibi Ferreira, lançou o disco “Tango”, pelo Selo Biscoito Fino – escolhido como “Melhor Disco de Língua Estrangeira”, no Prêmio TIM de Música Brasileira.

 

De 2007 a 2010, a turnê “Piano Brasil” percorreu 134 cidades brasileiras, sempre divulgando a Coletânea do Piano Brasileiro. Dentro desse período, em 2008, realizou a turnê internacional, Piano Brazil in the World, iniciada com uma apresentação no Carnegie Hall, em New York além da participação em diversos Festivais na Europa.

Em 2011 participa da turnê “Alô Clássicos!” percorrendo cidades do interior do estado do RJ e realizando recitais comentados.

 

No ano de 2012, iniciou a turnê “Piano Itinerante”, com patrocínio de Eletrobras Furnas, passando por seis cidades brasileiras. Ainda este ano, lançou o cd triplo Pianíssimo, em comemoração aos seus 50 anos de carreira, que reúne as principais gravações do vasto repertório internacional de Miguel Proença. Em 05 de novembro, Miguel Proença a convite da Presidência da República participou como convidado especial da entrega das insígnias da Ordem do Mérito Cultural, onde tocou a música “Asa Branca” juntamente com Chambinho do Acordeon, Elba Ramalho e Daniel Gonzaga.

“Miguel Proença ama seu piano e transfere esse sentimento ao seu público, com toda simplicidade...Ele, literalmente capturou o público do Teatro Toursky...um grande instrumentista” (La Marseillaise, Marseille – França 07/12/2006)

“Espírito Abençoado - Já os primeiros tons, quentes e macios, veladamente sensuais, soavam como vindos de um outro mundo, jorrando melancolicamente e do qual os ouvintes não conseguiam se afastar: Miguel Proença entra no palco do UNI-Festival senta-se ao Steinway, sério e concentrado em si mesmo e arrebata os ouvintes logo no primeiro momento” (Tübingen, Alemanha – 26/10/2006)

“Muito a admirar na interpretação dos Prelúdios de Chopin. A sonoridade de Miguel Proença tem vida...” Daily Telegraph (Londres)

“ Domínio técnico e belíssima sonoridade...” H. Schonberg (New York Times)

“ Um poeta ao piano...” Jornal do Brasil (Rio de Janeiro)

“...Um verdadeiro banho de música.” Luiz Paulo Horta – O Globo (Rio de Janeiro) 23/05/2005

Em 2015, retornou com a Turnê Piano Brasil VII,com patrocínio do BNDES e Caixa Econômica Federal e realização do Ministério da Cultura e Governo Federal.
            O projeto, consolidado como uma das principais iniciativas da música erudita brasileira dos últimos anos, e esteve em 150 cidades brasileiras.
No mesmo ano, Miguel Proença foi diretor artístico e orientador do “Núcleo de Excelência Pianística” a convite da FAMES (Faculdade de Música do Espírito Santo).
            Em 2016, realiza a turnê Piano Brasil VIII, com patrocínio do BNDES.